Mercado de DBA existe para quem é dedicado

O cargo de administrador de banco de dados (DBA) é um dos mais importantes de uma organização, o que requer profissionais atentos e preparados para o serviço.

O DBA é o responsável pela criação, segurança e manutenção das informações geradas pelas empresas, desde o cadastro de clientes e fornecedores, até dados relativos a pesquisas de mercado e concorrência.

Para o DBA Paulo Portugal, que atua na F2C, o espaço para crescimento da área existe, mas depende muito da dedicação do profissional. “Hoje o mercado para DBAs não é muito grande, mas com certeza existem vagas disponíveis para quem é bom. Em 2010 o Brasil deve dar uma guinada que será ótima para a área”, afirmou.

Portugal usa seu próprio exemplo para demonstrar como a dedicação pode auxiliar o profissional. Ele recebeu recentemente um convite para escrever um livro sobre banco de dados Oracle pela editora Rampant. “Donald K. Burleson, dono da editora, pediu para que eu escolhesse entre cinco temas. Optei pelos packages da Oracle”.

Segundo o administrador, que tem seis certificações na área e ainda testou a versão beta do Oracle Database 11G, a experiência de escrever o livro vai além da ansiedade com o sucesso da obra. O mais importante é a bagagem adquirida por meio das pesquisas. “Escrevi sobre coisas que nem imaginava existir. Mesmo se o livro não vender muito, o importante é que estou aprendendo”, afirma o especialista que terá seu livro publicado em junho de 2010.

Dicas para se aperfeiçoar:

– Aposte no estudo: certificações são como medalhas no currículo de um DBA. Invista nas mais importantes e você não vai se arrepender.
– Explore: seja uma espécie de “hacker” dos sistemas e procure métodos e práticas novas. Você não ficará sem respostas.
– Tenha visão: fique de olho em todas as novidades. Inscreva-se nos programas de testes e “brinque” antes com o que os desenvolvedores têm a oferecer. Isso conta pontos no currículo.
– Escreva sobre o assunto: ao compartilhar suas descobertas e procedimentos, você faz o seu nome no mercado e treina suas habilidades. Artigos são bons e livros são ótimos. No entanto, antes de começar, tenha certeza de perguntar aos seus contratantes sobre a possibilidade de citar casos que aconteceram na empresa.

Fonte: Info

Post Author: Angelo M. Rodrigues

Desenvolvedor, Músico (nas horas vagas) e entusiasta de tecnologia. Trabalha com Tecnologias Web desde 1998, passando por diversos tipos de projetos nas áreas de distribuição, fabricação, financeira, comércio eletrônico, ERPs, entre outros.

Deixe uma resposta