Coop adota Linux para modernizar sistemas de TI

A Coop – Cooperativa de Consumo, instalou nas suas 26 unidades o software de frente de loja TP Linux. Fabricada pela alemã Wincor Nixdorf, a solução foi customizada e integrada com exclusividade pela Unisys, parceira da cooperativa há 14 anos.

Usuária fiel do software de frente de loja Calypso há mais de uma década, a Coop decidiu migrar para o TP Linux. “O TP Linux é muito mais fácil de implementar, apresenta mais vantagens e recursos de gestão”, diz Francisco Ráo, gerente de Tecnologia da Informação da Coop.

A empresa fez um piloto com o sistema por dois e meio. Toda a parte de adaptação do software ao mercado varejista brasileiro, à legislação fiscal, implantação da NFe paulista e customizações para clientes ficou também sob a responsabilidade da Unisys.

O gerente de TI da Coop conta que para quem trabalha com os PDVs a principal mudança foi a rapidez na operação do equipamento, já que as interfaces com as lojas foram mantidas. Uma das grandes vantagens do TP Linux é a possibilidade de implementar um sofisticado módulo de promoções, por parametrização.

Francisco Ráo explica que por se tratar de uma cooperativa, a Coop não é agressiva em fazer promoções porque já tem por princípio cobrar preços justos. “Mas o mercado é agressivo e o nosso departamento comercial tem essa demanda”, diz.

A Coop também desenvolveu em paralelo com o TP Linux um novo módulo de tesouraria, que inclui rotinas de fechamento de caixas, gestão e controle de recursos. O gerente relata que antes era necessário reprocessar os dados da frente de loja na hora de fechar o caixa e fazer a conferência das informações.

Agora o fechamento de caixa é mais ágil. Isso porque os dados de cada compra são transmitidos de maneira online, em tempo real, para a retaguarda. “Nossa infra-estrutura de captura de informações também está preparada para fazer o controle de estoque online conforme as aquisições são feitas”, acrescenta Francisco Ráo.

A gestão remota é outra melhoria proporcionada pela nova ferramenta. O fechamento dos caixas no final do dia e preparo para o dia seguinte é feito em plataforma Web, de maneira mais fácil e rápida.

Francisco Ráo conta que os planos da cooperativa incluem a abertura de mais unidades até o final de 2008. “Nosso plano estratégico de crescimento é ambicioso. Precisamos da área de TI bem preparada para suportar nossa expansão”, conclui o gerente de TI. Os valores do contrato não foram revelados.

Criada em 1954 por 292 funcionários da Rhodia, a Coop comemora neste ano 54 anos de fundação e possui atualmente mais de 1,4 milhão cooperados. Considerada a maior cooperativa de consumo da América Latina, a Coop tem hoje 26 unidades de distribuição em operação sendo 24 no modelo tradicional: 17 no ABC Paulista, duas em São José dos Campos, duas em Sorocaba, uma em Tatuí, uma em Piracicaba e uma em São Vicente, e duas Zapt Coop em Santo André, no formato loja de proximidade.

A Coop detém 25% de share na região do ABC, ocupa o 11º lugar no ranking da ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados) e fechou o ano de 2007 com fornecimento (faturamento) bruto de R$ 1.102,9 bilhão, representando em valores nominais uma variação positiva de 6,14% em relação a 2006, que teve fornecimento bruto de R$ 1.039,1 bilhão. Neste ano a previsão é fechar o faturamento com 10% de crescimento em relação a 2007

Fonte: http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=17135&sid=16

Post Author: Angelo M. Rodrigues

Desenvolvedor, Músico (nas horas vagas) e entusiasta de tecnologia. Trabalha com Tecnologias Web desde 1998, passando por diversos tipos de projetos nas áreas de distribuição, fabricação, financeira, comércio eletrônico, ERPs, entre outros.

Deixe uma resposta