Minhas Experiências com Software Livre

Como alguns sabem, trabalho com alguns Softwares Livres desde 2000.

Comecei com Linux (como muitos) em Servidores de Arquivos, Servidor Proxy e Servidores Web e consequentemente fui migrando algumas ferramentas para esses servidores.

Nas empresas onde passei, sempre todas as implantações de software livre foram um pouco criticadas no começo (na parte de projeto e definições), mas após as implantações e passados as primeiras (2 ou 3) semanas de adaptações, a maioria já elogiava timidamente a melhoria dos serviços na rede.

Já tive problemas em uma empresa de contabilidade que depois de tudo feito, configurado e funcionando, eles voltaram o Servidor de Arquivos para o Windows, somente por que tinham desligado o NoBreak do Servidor, caiu a Luz uns dias depois e o Linux não voltou “sozinho”, parando na tela para checagem do Disco e ninguém sabia o que fazer, coisa que deixou o diretor “P” da vida e ele mandou colocar uma “coisa” que as pessoas pudessem conhecer um pouco nesses casos.

Com isso não adiantou falar era fácil, não interessava, pois a empresa ficou parada por cerca de 1 hora e isso era inadmissível.

Depois disso eles tiveram vários problemas com Windows, mas isso não vem ao caso.

Nesse tempo já tive vários trabalhos bem sucedidos e alguns mal-sucedidos (infelizmente), mas na média, o aproveitamento e custo-benefício para as empresas ficaram na casa dos 80% (para melhor).

O que vocês tiveram com suas experiências?

Relatem um pouco suas experiências

Post Author: Angelo M. Rodrigues

Desenvolvedor, Músico (nas horas vagas) e entusiasta de tecnologia. Trabalha com Tecnologias Web desde 1998, passando por diversos tipos de projetos nas áreas de distribuição, fabricação, financeira, comércio eletrônico, ERPs, entre outros.

1 thought on “Minhas Experiências com Software Livre

    Thiago Mendes

    (23 de julho de 2008 - 9:05)

    Na época da faculdade começei a me interessar por softwares livres após uma apresentação vista em uma palestra (RedHat), mas não tinha muita prática e sim leitura. Hoje trabalho com softwares e suporte, mas de uns tempos prá cá, por alguns problemas com o meu “ruwindows”, em meu desktop em casa,vim a instalar um software livre (Linux Ubuntu) e pra minha felicidade, meus problemas acabaram. ( rs rs, parece até uma propaganda ). Mas a verdade é que começei a ler e saber bastante coisas sobre instalações e etc. Mas o problema foi em casa com outros usuários (família, rs), todos estavam acostumados com a mesma telinha, o mesmo botão, o mesmo lado esquerdo inferior, a mudança me causou uma série de reclamações, mas ninguém parou um dia pra usar, ler e verificar as aplicações.
    Depois de umas duas semanas escutando várias reclamações, passei a ignorar e como não tinha outro S.O. para se usar, começaram a usar meio que forçados, e não é que deu certo. Hoje a situação é diferente, uns minutinhos lendo e fuçando um pouco, já se familiarizaram com outro S.O. livre e usam sem problemas e ainda recebo elogios por algumas aplicações serem mais interessantes e tal. Valeu a pena a mudança e a paciencia. Foi uma experiencia que eu tive e passei pras pessoas em casa e passo pra pessoas que tem medo um pouco de ficar só naquela mesma coisa. Mudem um pouco sem medo de serem felizes, o máximo que pode acontecer é vcs terem que dar um “fdisk” no HD e instalar novamente aquele antigo sistema. (rs rs rs). Mas agora estou usando um software livre no trabalho também e não tive dificuldade nenhuma em mudar. Algumas pessoas que não conheciam tiveram dificuldades, mas nada que um suporte não resolva. rs. Acredito que experiencia que tive com a alteração do sistema operacional valeu a pena e serve como mais um ponta pé pra que se possa conheçer mais e expandir as areas de conheçimento geral em softwares e aplicações. Além do que o custo para registro dos softwares eu posso usar em outras coisas, pois preciso dar uma turbinada no meu desktop, he he.
    Bom é isso aí, procurem sim ler e se interessar por softwares livres, pois vale a pena.
    Abraço.

Deixe uma resposta