Não doem dinheiro pela web, diz Defesa Civil

A Defesa Civil catarinense diz que Estado possui oito contas legítimas para doações e faz alerta contra golpes online.

A comoção nacional em torno da tragédia que vitima Santa Catarina motivou uma onda de doações de alimentos, roupas e dinheiro.

O episódio também serviu de pretexto para crackers disseminarem códigos maliciosos e pedirem doações para contas bancárias que, na verdade, não servem à Defesa Civil de Santa Catarina.

Esta semana, a Defesa Civil emitiu alerta para que os doadores não enviem dinheiro utilizando informações que receberam por e-mail ou encontraram em sites suspeitos na web.

O órgão do governo catarinense explica divulgou dados de oito contas legítimas destinadas a recolher dinheiro que será usado para socorrer as vítimas das enchentes no Estado.

O órgão recomenda que doadores chequem os beneficiários de contas bancárias apresentadas como coletoras de donativos. O governo local publica o site www.desastre.sc.gov.br e oferece o telefone 0800 402 020 para que doadores esclareçam suas dúvidas e denuncies eventuais tentativas de golpe.

Além das falsas contas bancárias, há ainda o uso da tragédia para oferecer vídeos, fotos e notícias falsas que, na verdade, apontam o usuário para baixar códigos maliciosos.

A relação de contas legítimas publicada no site da Defesa Civil é:

SICOOB SC – 756 – Agência 1005, Conta Corrente 2008-7

Caixa Econômica Federal – Agência 1877, operação 006, conta 80.000-8

Banco do Brasil – Agência 3582-3, Conta Corrente 80.000-7

Besc – Agência 068-0, Conta Corrente 80.000-0.

Bradesco S/A – 237 Agência 0348-4, Conta Corrente 160.000-1

Itaú S/A – 341, Agência 0289, Conta Corrente 69971-2

SICREDI – 748, Agência 2603, Conta Corrente 3500-9

SANTANDER – 033, Agência 1227, Conta Corrente 430000052

O nome da pessoa jurídica beneficiária é Fundo Estadual de Defesa Civil, com CNPJ – 04.426.883/0001-57.

Fonte: http://info.abril.uol.com.br/aberto/infonews/122008/01122008-34.shl

Post Author: Angelo M. Rodrigues

Desenvolvedor, Músico (nas horas vagas) e entusiasta de tecnologia. Trabalha com Tecnologias Web desde 1998, passando por diversos tipos de projetos nas áreas de distribuição, fabricação, financeira, comércio eletrônico, ERPs, entre outros.

Deixe uma resposta