Entendendo os celulares Made in China

Eu acho Tecnologia uma coisa fantástica e acho que em matéria de celulares, ainda temos muito que evoluir em todo o mundo, até porque, muitos serviços do celular dependem de uma internet Rápida e Barata, coisa que não acontece aqui no Brasil e alguns países do mundo.

Excelente matéria do Carlos Morimoto onde ele explica como são fabricados os Mp7/Mp8/Mp9 que vem da China.

À primeira vista, parecem um Nokia N95 e um iPhone, mas são na verdade “NokLa N95” e um SciPhone; dois clones made in China. Apesar da interface tentar imitar o sistema original, eles oferecem apenas algumas funções básicas (agenda, editor de texto, reprodução de arquivos MP3, AAC e vídeos 3GP, etc.) combinadas com uma câmera que tira fotos borradas e um navegador WAP, sem permitir a instalação de aplicativos e sem suporte a 3G ou qualquer outra função mais avançada.

Naturalmente, eles não rodam o S60 nem o iPhone OS, mas sim um sistema bem mais simples (mais a seguir). Eles são feitos com o objetivo de enganar o público que não sabe bem o que é um smartphone e não conhecem as funções dos produtos originais e, infelizmente, têm obtido sucesso na empreitada, a ponto de alguns chegarem a recomendá-los em fóruns e comunidades.

Tendo o aparelho em mãos, não é muito difícil perceber que se trata de uma cópia (mais leve, acabamento ruim, tela touch-screen mesmo em em aparelhos que imitam o S60 3ed., botões de atalho impressos na parte inferior da tela, e assim por diante), o grande problema é que eles são muitas vezes vendidos em sites de leilão, como se fossem os aparelhos originais. O vendedor pode jurar que se trata de um Nokia N95, mas ao comprar você recebe na verdade a versão pirata.

O mais interessante é que mesmo entre os clones existem aparelhos de melhor e de pior qualidade, pois é comum que um fabricante copie o firmware de um modelo lançado pelo outro e passe a produzir uma cópia similar (ou seja, um clone do clone), definitivamente uma situação esquisita. A maior parte destes aparelhos não passam pelos testes de emissões e muitos não possuem sequer um IMEI válido, ou seja, são simplesmente aparelhos ilegais, considerados um problema até mesmo na própria China.

Fonte e Matéria Completa: http://www.guiadohardware.net/tutoriais/celulares-made-china/

Post Author: Angelo M. Rodrigues

Desenvolvedor, Músico (nas horas vagas) e entusiasta de tecnologia. Trabalha com Tecnologias Web desde 1998, passando por diversos tipos de projetos nas áreas de distribuição, fabricação, financeira, comércio eletrônico, ERPs, entre outros.

Deixe uma resposta